quarta-feira, 21 de novembro de 2007

"Longe do Perigo" - Roy Andrade


2 comentários:

Ady Cavalcante disse...

Devo reconhecer que a leitura desse poema não é fácil, mas o resultado é delicioso, parece que ele escorrega...rsrs Gostei muito!!!

Daiany Cristina disse...

Ao ler esse poema fiquei zonza! Mas gostei! rs!