sexta-feira, 7 de março de 2008

"Calor"- Roy Andrade




5 comentários:

Ady Cavalcante disse...

Como calar um mar de amor? Gostei, Roy!!! Beijos mil!!!

Rafael Ramos disse...

Aeeee Rapá, agora eu tenhu um blog..

Ramon Alcântara disse...

Isso tudo nos molha e faz suar... bela construção!

Antonio disse...

Gostei desse poema . A nova poesia concreta,sensível,transparente. Gosto de poemas assim.Calor.

touché
http://poetasdeguarulhoseoutrosversos.zip.net

Daiany Cristina disse...

Show!